Capítulo II – 2015

Capítulo II – 2015

A Isabel tinha medo de cães, talvez pânico até. Eu cresci sempre com animais lá na terriola, em casa dos meus pais. Estava habituada à companhia de um animal de estimação e sentia falta disso em Leiria. Convenci a Isabel, com muito esforço, a irmos buscar a Cookie e este ano não podia ter começado da melhor forma. Ninguém a queria, porque já não era recém-nascida e as pessoas diziam que não se ia adaptar. Trouxe-a para nossa casa. Era uma aventura nova todos os dias – cocós espalhados pela casa, sapatilhas sem palmilha e sem atacadores, cantos dos móveis roídos – toda uma diversão, portanto 😀 A Isabel não lhe resistiu e não dava para ter medo. Tão traquinas e tão mimada. Era tão bom quando ela tentava saltar para a nossa cama para nos acordar, embora sem sucesso porque era demasiado pequenina, mas lá arranjava maneira de chamar a nossa atenção.

Entretanto surgiu a necessidade de um cantinho só para nós. Depois de 2 semanas a procurar em todos os cantos de Leiria, lá encontrámos um apartamento mesmo à nossa medida. Havia um problema: não era mobilado. A casa onde estávamos era mobilada e esta estava completamente vazia! Estávamos no início de tudo, trabalhávamos a part-time e a nossa primeira preocupação foi: onde vamos dormir?! Fomos comprar um colchão e dormimos no chão (o orçamento não dava para a cama ahaha)!!!

A única coisa que tínhamos era uma mesa de centro, uma estante e uma televisão. O resto foi-se comprando no IKEA (melhor amigo das mobílias giras e baratas) à medida das necessidades (e que o dinheiro fosse permitindo). Fazia tudo da mesma maneira, se voltasse atrás. Crescemos muito, aprendemos a dar mais valor aos sentimentos e às pequenas vitórias do que a bens materiais. Aprendemos que a vida não é fácil, que é preciso lutar, trabalhar e nunca desistir. Com a Isabel aprendi, principalmente, a poupar e a gerir o nosso (pequeno) ordenado que ganhávamos no McDonald’s. Enquanto isso, percebi que queria uma vida melhor para nós.

Ajudei-a a procurar trabalho na área dela e felizmente, em poucos meses, a nossa vida profissional mudou completamente: ela arranjou emprego fixo na área, onde ainda continua desde então e eu fui convidada a subir para gerente. Nós merecíamos. Enfrentámos muitas coisas. Nunca nos faltou nada, nem os pais permitiriam que isso acontecesse, embora nunca tenhamos pedido ajuda nesse sentido. Demos a volta a tudo conversando, ao invés de ignorar os problemas ou guardá-los. Devemos partilhar o que sentimos com quem está ao nosso lado e por mais que seja difícil, é importante encontrar uma forma de mostrarmos o que sentimos. Tivemos vontade de desistir muitas vezes, mas a vontade de ser feliz falou sempre mais alto.  Acredito que, se nunca desistirmos de nada, as coisas boas acontecem. Tanto a nível profissional, como a nível pessoal.

Daniela & Isabel

7 comentários

  1. opah tao bom mais um capitulo da vossa historia tao rico em amor superaçao de ostaculos e acima de tudo a vontade de ser feliza falar mais alto voces sao mesmo inspiradoras da mesmo muito a quem vos segue =) parabens por todas essas pequenas grabdes comquistas que fazem de voces o que sao hoje , gosto muito de voces beijinhos

  2. Com muito amor, sonho e vontade de lutar as coisas boas vêem sempre!!
    Acreditem sempre!!
    Beijos da Vahine & Bárbara!

  3. Cada vez mais amo seguir o vosso trabalho sucesso a vossa vida lindas, e é bom saber que vós as duas nos dão esse privilégio de fazer parte de vós das vossas conquistas desejo -vos sempre uma vida feliz e que continuam sempre a lutar pelo vosso amor beijos grandes

  4. Cada vez mais encontro coisas em comum.. tb começamos por dormir num colchão de encher.. muitas lutas, ainda hoje continuamos a lutar. Também adotamos a “Sasha”, uma cadelinha já adulta e temos o “Lucas” o gatão da casa! A vida não é fácil, é verdade, mas quando existe um amor imenso acredito que tudo seja possível! Viva o amor! Beijinhos. Sandra & Joana

  5. Quem me dera que a minha “nossa” história tb fosse assim, aliás o que eu mais queria era que quem estava do meu lado soubesse me ouvir sem ser preciso falar. Eu conseguia fazê lo!
    Mas o sonho acabou!
    Que sejam sempre assim 🙂

  6. Mais uma vez quase choro a ler as tuas palavras! Como me identifico, como é bonito ver a vossa linda história! Felicidades, espero novos capítulos!

  7. Adoro a Vossa linda história de amor, desejo-vos muitas felicidades e parabéns pelas vossas conquistas e continuem com muito sucesso. O AMOR VENCE SEMPRE <3 beijinhos

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: