Maternidade Partilhada

Maternidade Partilhada

Queremos começar por agradecer, de coração, todas as mensagens e comentários de força imediatamente após o nosso anúncio da terceira tentativa falhada. Felizmente, foi só uma questão de probabilidades. Digo “felizmente” porque não há nada de errado na Isabel que nos impeça de sermos mamãs. Não deu certo porque a sorte não estava do nosso lado. Talvez porque mantemos tudo em segredo e, afinal, porque a vossa força e o vosso carinho nos faça falta durante todo o processo.

A melhor parte e, provavelmente, o que nos deixa (ainda mais) motivadas e ansiosas: vamos alterar o tipo de tratamento! Dado o nosso histórico de três tentativas falhadas e após uma conversa com a equipa médica da Ferticentro, em Coimbra, chegou a hora de deixar de lado a inseminação artificial e os seus 15 a 20% de probabilidades e de avançar para algo com maior taxa de sucesso: a FIV (fertilização in vitro). Esta técnica consiste em retirar os óvulos e fazer a fecundação com esperma de dador anónimo em laboratório e depois implantar os embriões no útero. Mas… isto não fica por aqui! Vão ser os meus óvulos que vão ser fecundados e que serão colocados no útero da Isabel, não é incrível?! Isto é vulgarmente chamado de Fertilização Recíproca ou Maternidade Partilhada. Existem apenas 3 países na Europa onde isto é permitido e Portugal é um deles!

Pensámos muito e ponderámos todas as hipóteses e decidimos que, desta vez, vamos partilhar convosco, post a post, passo a passo, todo o processo de tratamento.

Estão pront@s para nos acompanharem?

15 comentários

  1. Por curiosidade, quais os outros países europeus que permitem a maternidade partilhada via ViF? Boa sorte ao casal.

  2. MARAVILHOSA notícia!!! É desta que vão ser mamãs! Que corra tudo maravilhosamente bem e venha um bebé cheio de amor! Força e Boa Sorte!!!! 🙂 <3

  3. Parabéns. Estou feliz por vocês, e espero que desta vez consigam. Beijinhos e que tudo corra bem. 🙂

  4. minhas queridas, só vos «conheci» há pouco tempo, mas apaixonei-me por vocês, pela vossa história, pelo vosso amor! são inspiradoras!
    parabéns por mais este passo – que é tão bonito! – e desejo-vos tudo de bom!

    um abraço apertado.

  5. Olá Daniela e Isabel,
    Encontramos o vosso blog através de uma pesquisa na internet e achamos muito interessante estarem a partilhar o vosso processo de engravidar. Desejamos-vos muito boa sorte e que consigam atingir o que tanto desejam!
    Nós (que também somos um casal de mulheres) estamos no mesmo processo que vocês, mas optamos por avançar para a maternidade partilhada sem passar pela inseminação artificial. Somos do Porto e estamos a ser acompanhadas pela AVA em Lisboa porque foi o único sitio que nos permitiu optar por um dador de esperma não anónimo (preferimos deixar essa porta em aberto para a criança ter direito a essa opçao na maioridade).
    Partilhem do vosso lado que nós vamos acompanhando nos comentários. 🙂
    Tudo de bom!

    1. Bom dia

      Muita sorte para vos também, e muito sensata a vossa atitude quanto ao dador…que todo corra pelo melhor.

      Felicidades

  6. Parabéns e muita forca ,quando temos coragem de lutar pelos nossos sonhos,as coisas boas aparecem.Obrigado por partilharem esta linda fase da vossa vida. Beijinhos❤

  7. Aiii eu sabia! No último post, sobre a terceira tentativa comentei isto convosco e nunca pensei que fossem avançar! Fico muito feliz por vocês! Vai ser desta! Podem ter a certeza! Beijinhos <3

  8. Parabéns!! ♡ irei acompanhar de perto a vossa nova etapa e depois toda a gravidez se assim permitirem 😀 Beijinhos

  9. Ahhh! Espero MESMO que tudo corra pelo melhor! 🙂 Não se esqueçam que o que tiver de acontecer, acontecerá!

    Um beijinho*

  10. Bem…quando li este post, pensei “desta maneira é que vão conseguir” tive um feeling ao ler o vosso post “é desta”.

    Vai tudo correr bem, e se não há qualquer tipo de problema convosco, que possa dificultar o processo, penso que é o mais importante de tudo, e ainda são novas ainda melhor…pois tem tudo para que desta forma resulte.

    Continuem nunca desistam, mesmo que vos pareça a certo momento que já estão todas as possibilidades e tentativas “esgotadas”, pois quando menos esperamos as coisas acontecem.

    Boa sorte

    “Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado” Roberto Shinyashiki

  11. Olá Meninas!
    A pouco tempo conheci a história de vocês, e fiquei muito feliz por tudo, que foi contado.
    E quero dizer de coração, que tudo dará certo, e o bebé trará muitas alegrias,pra vocês duas!
    Um forte abraço
    Cris/SP
    Brasil

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: